Passeios imperdíveis na Cidade do Porto

Uma cidade vibrante, acolhedora e cheia de história. A cidade do Porto já conquistou um cantinho no coração dos brasileiros e tem ganhado destaque no turismo internacional, sendo um dos destinos mais visitados da Europa. É a segunda cidade mais populosa de Portugal, com quase 240 mil habitantes. O Porto, que antigamente se chamava Portus Cale, foi a cidade que deu nome ao país. Patrimônio Mundial e porta de entrada para um roteiro fascinante pelo Norte de Portugal.

O Centro Histórico

O nosso passeio começou no centro, considerado patrimônio histórico, pela Unesco. E o melhor jeito de explorar o lugar é à pé. Caminhar pelas ruas do centro do Porto é super tranquilo e seguro.

Dia4_Palacio_da_Bolsa-3
Pátio das Nações. Repare nos 20 brasões estampados no teto. Eles representam as Nações com as quais Portugal mantinha relações comerciais e de amizade. Foto: Alexandre Suplicy

O Palácio da Bolsa é um programa obrigatório para qualquer visitante e chega a receber cerca de 200 mil pessoas por ano. O monumento de 1842 foi construído no terreno de um antigo convento franciscano. Atualmente, no local, funciona a Associação Comercial do Porto. O edifício é um ícone arquitetônico… Logo na entrada, o Pátio das Nações impressiona pela imponência.  Impossível não se encantar pelo piso de mosaicos e pela cúpula de vidro. No teto, os brasões de 20 Nações com as quais Portugal mantinha relações comerciais.

Dia4_Palacio_da_Bolsa-2
O piso de mosaico, no Pátio das Nações é simplesmente lindo! Foto: Alexandre Suplicy
Dia4_Palacio_da_Bolsa-1
A cúpula de vidro e ferro no alto do Pátio das Nações é outro símbolo arquitetônico do Palácio. Foto: Alexandre Suplicy

A escadaria de granito também é uma obra de arte e local escolhido por muitos turistas para fotos. Não à toa, leva o nome de “escadaria nobre”. E no segundo piso do edifício, tem muito mais…

Dia4_Palacio_da_Bolsa-4
A escadaria nobre, toda de granito. Foto: Alexandre Suplicy
Dia4_Palacio_da_Bolsa-8
Foto: Alexandre Suplicy

O suntuoso Salão Árabe é uma verdadeira jóia. Em formato oval e todo decorado com folhas de ouro e inscrições em caracteres árabes em relevo. Foi inspirado no Palácio de Alhambra, na Espanha, e tem como objetivo impressionar e demonstrar poder econômico, já que ele sempre foi e ainda é palco das grandes recepções do Palácio.

Dia4_Palacio_da_Bolsa-10Dia4_Palacio_da_Bolsa-9

Dia4_Palacio_da_Bolsa-11
O Salão Árabe, uma verdadeira jóia! Fotos: Alexandre Suplicy

Preste atenção também na Sala das Assembléias Gerais. As paredes parecem de madeira. Parecem, mas não são! rsrs Na verdade, é tudo uma grande ilusão de ótica. O acabamento é feito de gesso, com uma pintura que imita madeira de uma forma tão perfeita, que é preciso tocar pra acreditar nisso!

Outro ponto de destaque no centro do Porto é a Estação Ferroviária São Bento. Aqui nos deparamos com  outra jóia portuguesa: os azulejos. Mais de 20 mil deles enfeitam o lugar. São murais em azul e branco que mostram a evolução dos transportes em Portugal e alguns fatos históricos do País. Até quem não vai pegar nenhum trem dá uma passadinha por aqui pra admirar as paredes da estação.

Dia4_Estacao_Sao_Bento-3
Estação São Bento, com mais de 20 mil azulejos portugueses. Foto: Alexandre Suplicy
Dia4_Estacao_Sao_Bento-5
Trens modernos contrastam com a histórica estação! Foto: Alexandre Suplicy

Ruas de Comércio

Vale a pena visitar também as ruas de comércio mais movimentadas da cidade. A Rua das Flores manteve seu perfil original. A rua é ótima pra souvenirs, produtos típicos e é lotada de bares e restaurantes.

IMG_6449
Rua das Flores.

A Rua de Santa Catarina é outra via fechada pra carros. O lugar é cheio de vendedores ambulantes e lojas mais conhecidas, como Zara, Benetton, H&M e outras famosas marcas portuguesas. Outra dica para quem busca produtos culinários típicos portugueses é descer pela rua Formosa, que corta a rua de Santa Catarina. Há várias mercearias de dar água na boca.

Os passeios mais disputados

É na rua de Santa Catarina que fica o café Majestic, considerado um dos mais bonitos do mundo. Não é à toa que tem sempre fila pra entrar. A gente tentou duas vezes e desistiu… Como o lugar ficou famoso, muitos turistas entravam apenas para fotos e o “entra e sai” acabava incomodando os clientes. Uma saída encontrada pelos donos foi colocar um funcionário apenas para controlar a entrada de pessoas. Só é liberada a visita para quem for ocupar uma mesa e consumir no lugar. Mesmo assim, o Café Majestic continua um dos mais concorridos do Porto.

IMG_6897
Fila para entrar no Café Majestic.

E por falar em lugar disputado, fomos conhecer a Livraria Lello e Irmãos. O lugar está no mesmo endereço desde 1906 e impressiona pela arquitetura de estilo neogótico e pelo valor histórico. Foi classificada como Monumento de Interesse Público em 2013.

Dia4_Livraria_Lello-1
Entrada na Livraria Lello. Na fachada há duas figuras. Uma representa a Arte e a outra, a Ciência. Foto: Alexandre Suplicy

A Lello já foi eleita por vários veículos, como The Guardian, CNN e Lonely Planet, como uma das livrarias mais bonitas do mundo. São detalhes encantadores, como os pilares, paredes e teto trabalhados e os vitrais no na clarabóia.

Dia4_Livraria_Lello-13
Interior da Livraria Lello. Foto: Alexandre Suplicy

Mas, sem dúvidas, a escadaria vermelha é o ponto alto. Todo mundo quer uma foto ali.  O lugar ganhou popularidade quando surgiram as informações de que a escritora J.K Rowling teria escrito alguns capítulos de Harry Potter enquanto frequentava o lugar. A britânica morou dois anos na Cidade do Porto e já declarou que se inspirou na livraria portuguesa para criar a biblioteca de Hogwarts. 

Dia4_Livraria_Lello-10
Foto: Alexandre Suplicy
Dia4_Livraria_Lello-5
A escadaria vermelha de madeira é o local mais disputado para fotos dentro da livraria. Foto: Alexandre Suplicy

Como muita gente que visitava a livraria, não estava em busca de livros, a Lello passou a cobrar ingresso. O visitante paga 5 euros que podem ser abatidos na compra de um livro. Não é permitida a entrada com mochilas ou bolsas muito grandes.

Ponte Dom Luis

A Ponte Dom Luis I é um símbolo do Porto. uma ponte com estrutura metálica que liga as margens norte e sul do rio Douro. Foi construída entre os anos de 1881 e 1888 e finalizada por um aluno de Gustave Eiffel. A Ponte Dom Luis liga a Ribeira, uma das regiões mais antigas da cidade, ao município vizinho, Vila Nova de Gaia. A ponte tem dois níveis. No tabuleiro inferior circulam carros e há uma passagem estreita para pedestres. No superior, passam pedestres e também trens do metrô. É impressionante o movimento e, ao mesmo tempo, como tudo funciona na mais perfeita ordem. A Ponte Dom Luis também proporciona uma bela vista da região metropolitana do Porto e do Douro, rio que corta todo o Norte de Portugal.

Dia7_Porto-14
A Ponte Dom Luis I. Foto: Alexandre Suplicy
IMG_6905
No pavimento superior da ponte, onde passa também o metrô!

Vila Nova de Gaia:

O município vizinho ao Porto é o terceiro mais populoso de Portugal, com pouco mais de 300 mil habitantes. E atrai os visitantes pelos bares com mesinhas ao ar livre, restaurantes, um teleférico que oferece uma vista privilegiada de Gaia, além do cais super charmoso, que por si só já vale o passeio. Ao caminhar pela orla o visitante pode apreciar o rio Douro e o skyline da Cidade do Porto. Mas o programa imperdível por aqui é a visita guiada à uma das inúmeras caves de vinho do porto. Ótimo pra entender um pouquinho mais da história da bebida exclusiva dessa região e ver de perto como ela é armazenada. As adegas também oferecem degustação. Vale a pena a visita!

Dia7_Porto-24
O cais de Gaia. Por si só já vale a visita. Foto: Alexandre Suplicy
Dia7_Porto-45
Vista privilegiada do Rio Douro e da cidade do Porto, do outro lado da margem. Foto: Alexandre Suplicy
Dia7_Porto-20
A Ponte Dom Luis I e o a cidade do Porto vistos da Vila Nova de Gaia. Foto: Alexandre Suplicy

Onde e o que Comer:

Páteo das Flores –  Um wine bar super moderno e aconchegante. No cardápio, apenas 5 pratos, todos deliciosos. Também há a opção de ficar apenas nos petiscos. Fizemos uma degustação e experimentamos praticamente um pouco de tudo! Difícil dizer o que é mais gostoso! A carta de vinhos coloca em evidência cerca de 100 vinhos nacionais cotados entre os melhores do mundo.

Endereço: Pateo das Flores. Rua das Flores, 135

Dia4_Pateo_das_Flores-1
Ambiente moderno do Páteo das Flores. Foto: Alexandre Suplicy

Dia4_Pateo_das_Flores-4Dia4_Pateo_das_Flores-6

Dia4_Pateo_das_Flores-5
Alguns dos petiscos que provamos. Tábua de frios e queijos; atum selado e chips de batata doce. Foto: Alexandre Suplicy

 

Cervejaria Brasão – Conhecemos a unidade Coliseu, mas há mais dois endereços. Além das cervejas artesanais portuenses e opções internacionais, o local é famoso pela Francesinha, um prato típico do Porto. O mais aconselhável é experimentar a Francesinha na hora do almoço, por ser uma refeição um tanto pesada. É um sanduíche enorme recheado com  linguiça, salsicha, presunto, bife… ou seja, praticamente tudo. Por cima ainda vai queijo, um molho à base de tomate e um ovo frito. Ah e ainda vem com batatinhas. A gente adorou. Mas não conseguimos comer a porção inteira. Vale dizer que o restaurante oferece uma opção vegetariana. Uma francesinha custa em média € 10.

Endereço: Cervejaria Brasão. Rua Passos Manuel, 205, Coliseu.

Dia7_Brasao_Coliseu-3
A Francesinha, prato tipico do Porto, que reina absoluto na hora do almoço. Foto: Alexandre Suplicy

 

Restaurante Fuga – Ideal pra quem busca algo típico, porém mais sofisticado. Uma ótima dica.  A localização é incrível. Quase pé na areia e com uma vista linda para a área litorânea do porto. O ambiente com luz natural é rústico e ao mesmo tempo moderno. No cardápio, pratos da região com um toque internacional. Na ida ou na volta, passe pelo Farol da Foz, que fica ali pertinho e é uma paisagem encantadora, que só vai complementar a experiência do restaurante!

Endereço: Restaurante Fuga. Rua do Passeio Alegre, Loja 2

Dia4_Fuga_Restaurante-1
Restaurante Fuga. Ótima pedida. Foto: Alexandre Suplicy

 

The George – o  The  George  Restaurant & Terrace apresenta os paladares típicos do norte do país com novas e irreverentes reinterpretações. A proposta é manter as raízes, num ambiente urbano. Tarefa executada com maestria. A localização é única: no cais de Gaia, junto  ao  rio  Douro  e  com  vista  para  a  Ribeira. O cardápio foge do óbvio e é harmonizado com os melhores vinhos portugueses. Vale a pena provar um drink típico da região, o Port&Tonic, que como o nome já diz, leva vinho do porto branco e água tônica.

Dia7_Porto_The_George-1
O drink típico dessa região: o Port & Tonic. Foto: Alexandre Suplicy

Entre as entradinhas, destacamos os Cogumelos ao Sol, que são cogumelos salteados, acompanhados de uma gema de ovo e outra que se chama A Curva do Peixe no Pinhão, um tartar de peixe com barriga de porco seca ao sol. Maravilhosos!!!

Dia7_Porto_The_George-6
Cogumelos ao Sol. Diferente de qualquer cogumelo que já comi! Foto: Alexandre Suplicy

Os pratos principais também nos surpreenderam. O arroz de mariscos veio repleto de frutos do mar. Super saboroso, além de lindo.

Dia7_Porto_The_George-7
Arroz de mariscos. Fartura e sabor!
Dia7_Porto_The_George-3
A Curva do Peixe no Pinhão. Outra entrada que foge completamente do óbvio. Foto: Alexandre Suplicy

Os pratos principais também nos surpreenderam. O arroz de mariscos veio repleto de frutos do mar. Super saboroso, além de lindo.

Dia7_Porto_The_George-7
Arroz de mariscos. Fartura e sabor! Foto: Alexandre Suplicy

Outra boa pedida é o entrecotê grelhado. Vem acompanhado de salada e batatas fritas. Ponto perfeito da carne!

Dia7_Porto_The_George-11
Entrecotê do The George. Foto: Alexandre Suplicy

 

Endereço: The George Restaurant & Terrace – Largo Miguel Bombarda 3, Vila Nova de Gaia.

Como ir:

Indicamos o vôo direto da Azul para o Porto, saindo do Aeroporto de Viracopos, em Campinas. A Companhia, que já voava para Lisboa, tem agora 3 vôos semanais diretos para a segunda maior cidade de Portugal. Os vôos para o Porto saem todas segundas, quartas e sextas. Vale lembrar que, pela Azul, é possível ir pelo Porto e retornar por Lisboa. Também adoramos a experiência de sair de Viracopos, bem mais tranquilo e eficiente que Cumbica. E outra vantagem é que a Azul disponibiliza ônibus para Campinas saindo de 4 pontos distintos de São Paulo. O Dois Por Aí embarcou no Airbus A330, no vôo inaugural da Azul para lá. Viajamos na classe Economy Xtra, mais espaçosa que a econômica e com ótimo custo benefício. Algumas poltronas do centro da aeronave fazem parte do conceito Sky Sofa. São quatro assentos, que juntos que viram um sofá. Os travesseiros e edredon são os mesmo da Executiva. O Sky Sofa é perfeito para casais que viajam com filhos pequenos.

Dia8_SkySofa-4
Viagem no Sky Sofa, da Azul. Foto: Alexandre Suplicy
Dia8_SkySofa-2
Quatro assento da classe Economy Xtra viram um Sky Sofa. Foto: Alexandre Suplicy

O “Dois Por Aí” ainda curtiu o Lounge da Azul. Além de comidinhas e drinks à vontade, a Sala Vip da Azul é super confortável e tem até Espaço Kids, Home Theater, chuveiro privativo com todas as amenidades e exposição de arte. É um espaço de 820m², com capacidade para 240 pessoas.

Dia3_AeroportoSP-3
Lounge da Azul, no Aeroporto de Viracopos. Foto: Alexandre Suplicy

Quem pode usar o Lounge da Azul:

Passageiros da Executiva, Diamante e Tudo Azul Itaucard Platinum tem acesso direto. Clientes da Economy Xtra pagam US$ 30,00 para acesso ao lounge, crianças até 12 anos pagam US$ 15,00. Para os demais viajantes a taxa é de US$ 35,00 para adultos e US$ 20,00 para crianças. Clientes de algumas operadoras de cartão de crédito também podem ter acesso. Para mais informações consulte o site da Azul. 

Dia3_AeroportoSP-19
O Airbus A330 da Azul. Vôos diretos, 3 vezes por semana, para o Porto. Foto: Alexandre Suplicy
Dia3_AeroportoSP-11
O fundador da Azul, David Neeleman, e a tripulação antes do vôo inaugural para o Porto. Foto: Alexandre Suplicy

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s